Fundação Sara realiza Celebração dos Curados

A cada cura uma vitória, a cada sorriso a certeza de que todo o esforço vale a pena. Com essa filosofia a Fundação Sara Albuquerque Costa tem trilhado o caminho do amparo a crianças e adolescentes com câncer. Esforço que pode ser traduzido em números, atualmente a entidade tem cadastrados cerca de 700 crianças e adolescentes, em duas unidades: Montes Claros e Belo Horizonte. Nessa trajetória os motivos para comemorar são muitos, por isso, no dia 5 de outubro, foi realizada a primeira Celebração da Cura que teve a presença especial de 65 curados.
“Foram meses de pesquisas e contatos com todos os assistidos e descobrimos quase 200 curados dos cadastrados pela Fundação Sara. Foi uma alegria e emoção entender que a cura da nossa filha, Sara, foi retratada nos pequenos que acompanhamos e estão hoje lindos rapazes e moças. Vale a pena toda nossa dedicação e esforço”, disse a idealizadora da Celebração de Cura e Vice-presidente da Fundação Sara Marlene Albuquerque Cavalcanti Costa.

A festa fez parte do calendário de comemorações pelos 15 anos da entidade e serviu para mostrar a importância da esperança para quem luta contra o câncer. “Essa é a hora de celebrar a vida, de celebrar o amor. Nada mais justo do que trazer esses campeões, que são nossos assistidos, para celebrar junto conosco esse momento tão especial da Fundação Sara”, ressaltou o presidente da entidade Álvaro Gaspar Costa.

Umas das convidadas foi Esdras Cristina, de 19 anos. Aos três ela foi diagnosticada com leucemia, uma doença maligna dos glóbulos brancos (leucócitos), fez acompanhamento por cinco anos e aos dezessete recebeu com surpresa a notícia de que estava grávida. “A minha gravidez foi de risco e eu precisei fazer acompanhamento constante, mas isso não me abalou e hoje sou muito feliz com a minha filha Vitória”, disse a estudante. Durante a festa mais uma surpresa, ela recebeu a medalha “Atleta da Vida, Campeões”.

A história da Fundação pode ser contata também pelos relatos pessoais de quem passou pela entidade. Zenaide foi a primeira assistida e trouxe para a festa a filha de dois anos. A moradora de Monte Azul lembra com carinho dos momentos que passou enquanto morava na fundação “Como eu tive que deixar minha família eu fui acolhida muito bem pela equipe da fundação. Aqui encontrei amigos e fiz uma nova família o que me ajudou muito na cura” lembra a dona de casa.
Segundo dados do Instituto nacional de Câncer – INCA, por ano, no Brasil são diagnosticado cerca de onze mil novos casos da doença em crianças e adolescentes. Ainda de acordo com o Instituto, 70% das crianças e adolescentes com câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. Número de esperança que a família Fundação Sara está sempre pronta para ajudar a aumentar.

Compartilhe:

Data da publicação 27 de novembro de 2014

Novembro Dourado
Anterior

Bazar Especial de Natal em Montes Claros no dia 20 de dezembro
Proximo



Fique por dentro das novidades: