Fundação Sara inaugura salas e auditório do CESAC

Centro de Estudo e Pesquisa Sara Albuquerque Costa ganha estrutura física para atender melhor profissionais, acadêmicos, família de assistidos e a comunidade.

No dia 26 de dezembro a Fundação Sara inaugurou, em Montes Claros, a estrutura física do Centro de Estudo e Pesquisa Sara Albuquerque Costa. A obra foi realizada graças à parceria com os funcionários da CEMIG, através do programa AI 6%, que consiste na destinação de até 6% do imposto de renda devido, a uma entidade escolhida pelo doador em lugar de destinar ao governo.

A criação do CESAC aconteceu, em 2010, durante o 2º Seminário de Oncologia Pediátrica do Norte de Minas, como demanda da mudança da missão da Entidade: Prestar assistência social às crianças e adolescentes com câncer e ser agente de promoção de conhecimento e melhoria no tratamento oncológico.

“O CESAC tem como objetivo proporcionar um campo fértil para o conhecimento, ideias, metodologias e talentos. Enfim, tudo o que possa contribuir na difusão e prática, não somente do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, mas também como um incentivador para a formação especializada na assistência das crianças e adolescentes com câncer” ressalta Dra Eliana Cavacami oncologista pediátrica e coordenadora do CESAC.

Até 2012 a missão da Fundação Sara era prestar assistência social, e ao longo de 12 anos de história muito se construiu nesse sentido. A missão ultrapassa os muros da Entidade, e uma das iniciativas para o cumprimento desse dever foi inaugurar o CESAC como instrumento de promoção de conhecimento.

“A Fundação Sara inaugura um novo tempo. Acreditamos no poder do conhecimento como instrumento de mudança e queremos com este projeto, iniciar um processo de transformação da realidade do tratamento das crianças e adolescentes com câncer e, sobretudo dos índices de sobrevida dos nossos assistidos. Assim, criar um ambiente exclusivo para servir como espaço de pesquisa e de desenvolvimento de conhecimentos é para nós da Fundação Sara, e certamente para a nossa região, uma conquista fantástica” celebra Álvaro Gaspar Costa, presidente da Entidade.

A Fundação Sara conta, também, com uma Equipe Científica Voluntária, coordenada pela Dra Eliana Cavacami, composta de pessoas dispostas a disseminar conhecimentos sobre oncologia pediátrica nos mais diversos espaços: escolas, faculdades, comunidades de bairro, comunidades religiosas, empresas, entre outros.

Através do projeto “Articulando o Diagnóstico do Câncer Infantojuvenil”, uma parceria da Fundação Sara, Instituto Ronald e Secretarias de Saúde Municipais, já foram capacitadas equipes da Estratégia da Saúde da Família dos munícipios de Montes Claros, Capitão Enéas, Matozinhos, Lagoa Santa, Campo Azul, Luislândia, Brasília de Minas e Icaraí de Minas, para diagnosticar os sinais e sintomas do câncer no seu início.

“Acreditamos que o Centro de Estudo e Pesquisa Sara Albuquerque Costa é uma semente que pode ter como fruto a melhoria da assistência de nossas crianças e adolescentes com câncer”, afirma a oncologista pediátrica da Entidade Dra. Eliana Cavacami.

Compartilhe:

Data da publicação 2 de janeiro de 2013

Noite do pijama alegra assistidos
Anterior

Team Penning Solidário
Proximo



Fique por dentro das novidades: