Especialistas discutem, em BH, a manutenção dos estudos para crianças em tratamento de câncer

Nesta sexta, blitz para incentivar doação de medula também lembrará o Dia de Combate ao Câncer Infantojuvenil

*
Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil, a Fundação Sara realiza neste sábado (23/nov), em Belo Horizonte, o 2º Circuito de Oncologia Pediátrica (COPE), com palestras e atividades que colocarão em evidência a importância da continuidade do ensino escolar para crianças e adolescentes em tratamento do câncer. O evento será realizado no Salão Nobre da Santa Casa de Belo Horizonte (Av. Francisco Sales, 1111 – Santa Efigênia), de 8h às 17h.

O público alvo são profissionais de saúde e de educação, além de cuidadores e familiares de pacientes com câncer. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo telefone da Fundação Sara: (31) 3284-7690. As vagas são limitadas.

O presidente da Fundação Sara, Álvaro Gaspar Costa, relata que um dos maiores prejuízos para as crianças e adolescentes que passam por tratamento contra o câncer é o afastamento do ambiente escolar e a interrupção dos estudos. “Um tratamento pode durar anos. Depois deste processo, que via de regra é extremamente sacrificante, a criança normalmente tem dificuldades de retomar a vida escolar. O ideal é garantir que o processo pedagógico não seja sacrificado, adaptando-o à realidade do tratamento”, defende Costa.

Blitz busca aumentar número de doadores de medula

Nesta sexta-feira (22/nov), de 8 às 17h, voluntários da Fundação Sara fazem blitz Na Fundação Hemominas (Al. Ezequiel Dias, 321 – Santa Efigênia) com o objetivo de convencer os doadores de sangue a também cadastrarem-se como doadores de medula óssea. As pessoas serão abordadas e orientadas a realizar a coleta adicional de uma pequena quantidade de sangue, cujas características genéticas serão identificadas e cadastradas no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME).

Programação – 2º Circuito de Oncologia Pediátrica (COPE)

8h – visita na ala humanizada da internação da Oncologia Pediátrica da Santa Casa
9h – Palestra: Sinais e Sintomas do Câncer Infantojuvenil com Dra. Eliana Cavacami – oncopediatra da Fundação Sara
10h – intervalo
11h – Palestra: Pedagogia Hospitalar com Flávia Moreno – pedagoga da Fundação Sara
12h – intervalo
13h30 – Capacitação de profissionais para pedagogia hospitalar – Rosana Meire Giannoni e Vivian Mendes Costa e Silva – Pedagogas do Hospital AC Camargo – São Paulo.
Painéis:
– O encontro de três histórias: A História do Hospital A.C. Camargo; A História da Escola Hospitalar e A História do Projeto Genoveva. Tempo: 45 minutos
– O trabalho pedagógico das Classes Hospitalares (Hospitais e Casas de Apoio): Conceito, Estrutura e Organização. Tempo: 45 minutos
Perguntas: 30 minutos
15h15 – intervalo
15h30 – Capacitação de profissionais para pedagogia hospitalar – Rosana Meire Giannoni e Vivian Mendes Costa e Silva – Pedagogas do Hospital AC Camargo – São Paulo.
Painéis
– A construção do Projeto Político Pedagógico de uma Classe Hospitalar. Tempo: 45 minutos
– Como estruturar os Projetos de Ação Pedagógica e o Acompanhamento Escolar? Tempo: 45 minutos
Perguntas: 30 minutos
17hs – Encerramento

* Texto: Supra Comunicação Interativa

Compartilhe:

Data da publicação 20 de novembro de 2013

Blitz na Hemominas busca aumentar número de doadores de medula óssea
Anterior

Fundação Sara recebe a visita especial de um guerreiro
Proximo



Fique por dentro das novidades: