Mais duas cidades do Norte de Minas recebem o Projeto “Articulando o Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil III???

Cerca de 160 profissionais da saúde, das cidades de Brasília de Minas e Icaraí de Minas, entre técnicos, agentes, médicos, dentistas e psicólogos participaram da aula inaugural do projeto “Articulando o diagnóstico Precoce III”, no último sábado, dia 25 de março. Além dos profissionais da saúde, estavam presentes o Sr. Jair Oliva Junior Prefeito de Brasília de Minas, Sr. Edinardo Rodrigues, secretário municipal de saúde de Brasília de Minas, o secretário municipal de saúde de Icaraí de Minas Reinaldo Mendes Ribeiro, autoridades dos municípios que receberão a capacitação. Representando a Unimontes, o professor Dr. João Felício e os membros da Fundação Sara Álvaro Gaspar Costa, presidente da Fundação Sara, Dra. Eliana Cavacami – coordenadora científica do projeto e oncopediatra e Weslane Almeida Cavalcanti, coordenadora Técnica do Projeto.
Durante quatro meses, os profissionais terão aulas uma vez por semana. O objetivo do programa é viabilizar o diagnóstico precoce através do reconhecimento dos primeiros sinais e sintomas do câncer infantojuvenil, tendo em vista que este é o primeiro passo para a cura. Para a técnica em saúde bucal, Telma Alves, de Brasília de Minas, “receber essa capacitação é um privilégio, pois como Brasília de Minas é uma cidade pequena, se não fosse o projeto, talvez jamais tivessem contato com informações tão relevantes”.
De acordo como Instituto Nacional do Câncer – INCA, o câncer é a principal doença a causar mortalidade na faixa etária dos 5 aos 19 anos de idade. Para 2011, estavam previstos uma média de 78 casos de câncer infantojuvenil no norte de Minas. Porém apenas 28 casos foram diagnosticados.
Dra Eliana Cavacami, oncologista pediátrica da Fundação Sara e coordenadora científica do projeto, ressalta, portanto a importância da capacitação dos profissionais da saúde básica, pois serão eles a suspeitar precocemente o câncer e fazer o encaminhamento dessas crianças ao serviço especializado e assim aumentando as chances de cura.
Para o professor da Universidade Estadual de Montes Claros, Dr. João Felício, que durante discurso reiterou o apoio incondicional da Unimontes ao projeto, lembrou que “Deus deu a todos o dom e a capacidade de articular, de aprender para assim procurarmos o melhor para todos e que, somente com muito amor é que conseguimos realizar bem as coisas”, declarou o professor.

Compartilhe:

Data da publicação 23 de março de 2012

Fundação Sara realiza Jantar Beneficente em Belo Horizonte
Anterior

Confira a programação dos restaurantes que participam da 1ª Caravana Gastronômica de Combate ao Câncer
Proximo



Fique por dentro das novidades: