Ajuda além das doações – FIA

Com o Imposto de renda também é possível ajudar a Fundação Sara

Você sabia que seu imposto de renda pode ajudar muita gente? Pois é, até 6% do imposto pode ser destinado a instituições de apoio a crianças. O dinheiro arrecadado vai para os Fundos para Infância e Adolescência – FIA e é administrado pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente – CDCA. A contribuição funciona da seguinte forma: se o contribuinte tem imposto a pagar o valor investido é abatido da parcela a recolher. Se tem imposto a restituir, o valor destinado ao Fundo é acrescido à restituição. As pessoas físicas podem deduzir até 6% do Imposto de Renda devido, apurado na declaração, antes da compensação dos valores recolhidos na Fonte e no “Carnê Leão”. Já as pessoas jurídicas optantes pelo lucro real podem deduzir até 1% do Imposto de Renda devido, respeitados os limites legais.

Pessoa Física
As pessoas físicas podem contribuir efetuando a destinação de parte de seu Imposto de Renda devido até o último dia útil do mês de dezembro de cada ano, de forma que este valor seja deduzido na Declaração de Ajuste Anual a ser apresentada até o mês de abril do ano seguinte. No ato da doação, a pessoa escolhe para qual Fundo quer doar, seja ele municipal, estadual ou nacional. Como se calcula a dedução na Declaração de Ajuste Anual da pessoa física? Basta deduzir o valor da doação do Imposto de Renda devido.

Pessoa Jurídica

Somente as empresas tributadas pelo LUCRO REAL. As microempresas e as empresas tributadas pelo “Lucro Presumido ou Arbitrado” não podem contribuir com o Fundo para Infância e Adolescência. A Instrução Normativa nº 267/2002 garante que as pessoas jurídicas poderão deduzir do Imposto de Renda devido o total das doações efetuadas e devidamente comprovadas aos Fundos para a Infância e Adolescência. A dedução de 1% deve ser calculada sobre o Imposto de Renda devido, diminuindo do adicional, apurado no mês ou trimestre da destinação.

Como ajudar em Montes Claros

Trinta e cinco instituições estão cadastradas na cidade para receber os recursos do FIA, a Fundação Sara é uma delas. A entidade além de acolher crianças e adolescentes com câncer, tenta diminuir as desigualdades no tratamento impulsionando a criação de políticas públicas de tratamento. No Brasil há quatro décadas o índice de mortalidade está entre 40 a 50%, enquanto que países de primeiro mundo os índices de cura chegam a 90%. Nesse cenário é fundamental o papel do terceiro setor para ajudar o estado a promover a saúde e o tratamento com dignidade. Por isso contamos com mais essa forma de ajuda. Ao declarar o imposto de renda, preencha o formulário destinando parte do imposto para nos ajudar na missão de salvar vidas.

Entenda como funciona e veja como ajudar a Fundação Sara:
O depósito deve ser feito até dia 30/12/2013.
1º Passo:

Depositar o valor na conta do FIA/CMDCA – 18.631.305/0001-67
FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – MONTES CLAROS
CAIXA ECONÔMIA FEDERAL
AG. 0132 – Op. 006
Conta Corrente: 593-0

2º Passo

Informar o CMDCA que o recurso será destinado para a Fundação Sara (solicitamos repassar a informação também para a entidade pelo e-mail fundacao@fundacaosara.com.br. com os dados do doador nome, CPF e endereço), que providenciaremos o recibo junto ao Conselho.

Compartilhe:

Data da publicação 16 de dezembro de 2013

Tradição no campo e na solidariedade
Anterior

Uma semana de conscientização
Proximo



Fique por dentro das novidades: