Junte-se ao leão no combate ao câncer infantil

Faça uma doação até dia 30 de dezembro e receba o dinheiro de volta ao declarar seu Imposto de Renda

Milhões de brasileiros declaram Imposto de Renda (IR) anualmente, mas o que poucos sabem é que é possível ajudar instituições de amparo a crianças e adolescentes, como a Fundação Sara Albuquerque, com parte desse dinheiro, sem nenhum prejuízo para o declarante. A iniciativa é amparada pela Lei Federal 8.069/90, que permite a destinação por meio do Fundo da Infância e da Adolescência – FIA.

Se você tem restituição ou imposto a pagar, você pode participar e destinar recursos, beneficiando-se da lei. O valor destinado ao FIA é automaticamente deduzido do Imposto total a pagar. No caso de quem tem imposto a restituir, o valor destinado ao FIA é acrescido à restituição.

Para ajudar a Fundação Sara Belo Horizonte, clique aqui e acompanhe o passo-a-passo.

Para ajudar a Fundação Sara Montes Claros, clique aqui e acompanhe o passo-a-passo.

Veja onde a Fundação Sara investe sua doação

Graças ao apoio de centenas de declarantes do IR, a Fundação Sara Albuquerque beneficia centenas de crianças e adolescentes com câncer de Minas Gerais. Uma delas é a pequena Maria Clara, de três aninhos. Ela é do município de Rio Pardo de Minas e foi diagnosticada com leucemia em fevereiro 2019.

A Fundação já custeou mais de R$4 mil com medicamentos, exames e outras despesas. 

Atualmente, toda semana ela e mãe (Camila) viajam cerca de 280 km até Montes Claros para que Maria Clara possa fazer a quimioterapia. Enquanto estão longe de casa, elas recebem todo o conforto da hospedagem, alimentação e transporte oferecidos pela Fundação Sara que, por sua vez, só consegue dar todo esse apoio, devido às doações dos declarantes do Imposto de Renda e outros.

“Somente em sete meses de tratamento, custeamos mais de 04 mil reais com medicamentos, exames e outras despesas da Maria Clara para que ela pudesse estar bem como está hoje”.

 

Rosana Soares – Assistente Social da Fundação Sara

Custeio de exames

Dentre os exames e medicamentos que a pequena Maria Clara recebe por meio das doações do IR, está a Pesquisa de Doença Residual Mínima (PDRM), que tem custo aproximado de 750 reais. O exame permite acompanhar o desempenho do tratamento a fim de certificar que a medicação está sendo eficaz no combate à doença.

“Se não fosse a Fundação Sara a gente não teria como pagar tantos exames, pois são muito caros e mesmo quando tem pelo SUS demora para autorizar”.

 

Camila Oliveira Reis – Mãe da Maria Clara

 

Outro benefício que é essencial para os pequenos que lutam contra o câncer é a inserção de cateter. Cada cateter custa em torno de 600 reais e o valor também é pago com recursos do Imposto de Renda.

“O cateter é um tubo fino que é inserido em um vaso sanguíneo para que os medicamentos sejam injetados. Assim, a criança não precisa ser perfurada para receber os medicamentos intravenosos. Isso alivia o sofrimento e permite uma recuperação sem traumas.” 

 

Priscila Pimenta – Enfermeira da Fundação Sara

Um lar seguro

Assistente social possibilitou nova casa para a Maria Clara.

Outro benefício conquistado pela Maria Clara foi o Aluguel Social. Como durante o tratamento a imunidade cai, o paciente fica mais susceptível a infecções a outras doenças, por isso, uma das recomendações médicas é ter um lar com boas condições de higiene e segurança.

Essa era uma situação delicada para a pequena Maria Clara e sua mãe, pois não tinham uma casa que se enquadrasse no recomendado. Entretanto, com o apoio da assistente social da entidade, Rosana Soares, elas conseguiram um lar apropriado.

“Até nisso a Fundação Sara ajudou a gente. A Rosana (assistente social) correu atrás de todos os documentos e do direito da gente ter uma casa em boas condições (aluguel social pago pelo município). Sem ela, eu nem sabia que a gente tinha esse direito. Agora é só continuar o tratamento e seguir tudo direitinho, e se Deus quiser a Maria Clara vai ser curada.”

 

Camila Oliveira Reis mãe da Maria Clara

A assistente social da Fundação Sara também é mantida com recursos do Imposto de Renda. É ela que acolhe as famílias, avalia as necessidades de cada uma e vai à luta por seus benefícios, sejam eles oferecidos pela entidade, pelos órgãos públicos ou até mesmo via processo judicial.

Saiba como ajudar!

Para ajudar a Fundação Sara Belo Horizonte, clique aqui e acompanhe o passo-a-passo.

Para ajudar a Fundação Sara Montes Claros, clique aqui e acompanhe o passo-a-passo.

Compartilhe: